• Instagram

  • Facebook

  • YouTube

  • WhatsApp

  • Podcast

  • Localização

  • Telefones

    + 55 85 3032.2020 . 0800.005.1020

    • Português
    • English
  • Dedicação exclusiva ao transplante capilar.
    Pioneiro em megasessões de fue no brasil.
    Referência mundial em calvícies avançadas e secundárias.

    Dr. Márcio Crisóstomo

    Entrevista na Revista Galeria – Beleza e Bem Estar

    Por Aline Conde

    Contra a queda de cabelo

    PROCEDIMENTOS CLÍNICOS COMO O MICROAGULHAMENTO E A MMP DESPONTAM ENTRE OS TRATAMENTOS MAIS EFICAZES CONTRA A PERDA DOS FIOS

    A queda intensa de cabelo é sinal clínico de que algo está alterado no corpo, diagnostica a dermatologista Marília Crisóstomo, uma das especialistas do Instituto de Medicina do Cabelo. Moldura do rosto, o cabelo tem muita importância principalmente porque serve de proteção física e mecânica para o couro cabeludo. “As pessoas precisam entender que é normal cair cabelo e que a quantidade normal de queda depende de cada pessoa. Mas, se a gente quiser numerar, são entre 90 e 150 fios por dia. Quando a quantidade de cabelo está caindo mais, então é um sinal de alerta para que a pessoa procure fazer um diagnóstico”, afirma Marília, que possui pós-graduação em Tricologia e fellowship em Dermatologia Capilar em Miami (EUA) e em Paris (FR).

    Existem inúmeras causas para a queda de cabelo, como alterações hormonais, dietas muito restritivas e anemia. A mais comum, no entanto, é a calvície (alopecia andro genética). “É mais comum nos homens, 70% deles vão ter algum grau de calvície ao longo da vida e 50% deles vão perder metade do cabelo aos 50 anos”, explica Marília, afirmando ainda que cerca de 25% dos casos de queda de cabelo anormal no público feminino é de calvície.

    A boa notícia é que existe uma variedade de tratamentos e procedimentos que ajudam a lidar com esses problemas. De acordo com a Dra. Marília, dois tratamentos clínicos recentes têm oferecido respostas cada vez mais eficazes contra a calvície porque retardam a queda econtribuem no fortalecimento dos fios: o microagulhamento e a MMP (Microinfusao de Medicamentos na Pele). “O protocolo vai ser indicado pelo médico e depende de cada caso. A gente verifica a situação da pessoa fazendo uma análise do couro cabeludo e também por meio de exames que solicitamos”, explica a dermatologista.

    MICROAGULHAMENTO

    Procedimento médico já aplicado no rosto e no corpo, o microagulhamento foi estendido para o couro cabeludo. “Em regra geral, os médicos usam um rolinho, que tem várias agulhinhas”, ilustra. O procedimento consiste numa
    rolagem no couro cabeludo, onde as agulhas vão fazendo furinhos. “O princípio básico é justamente fazer essa agressão na pele, para sangrar mesmo. Por sangrar, ele vai recrutar plaquetas e, junto com as plaquetas, vão vir os fatores de crescimento que estimulam a microcirculação.

    Com isso, há uma recuperação da pele e nessa recuperação, o cabelo vai se regenerar, gerar novos fios e produzir colágeno também”, detalha.
    Além disso, afirma Marília, a criação dos furinhos por meio das agulhas permite colocar a medicação de forma mais aprofundada na pele, fazendo com chegue o mais próximo do folículo capilar, proporcionando uma ação mais intensa e prolongada. “Este procedimento é conhecido como ‘drug delivery’. A gente coloca as vitaminas, medicamentos, a depender de cada caso e até os fatores de crescimento”, diz.

    MMP

    Técnica patenteada por um dermatologista brasileiro, a Microinfusão de Medicamentos na Pele (MMP) também utiliza microagulhas, mas se diferencia do microagulhamento porque as próprias agulhas, no procedimento, levam o ativo ou medicamento direto para o folículo,
    como explica a dermatologista Larissa Soares, também do Instituto de Medicina do Cabelo. “Através de movimentos de vai e vem, as pequenas
    agulhinhas vão perfurando a derme e já fazem a infusão da medicação. Na hora que a agulha entra, já vai levando a medicação para o folículo. Dessa maneira, você consegue tratar toda a área”, explica Larissa, destacando que todos os medicamentos são “estéreis e com a manipulação regulamentada pela Anvisa”. As substâncias injetadas podem ser desde de vasodilatadore e vitaminas até fatores de crescimento. “A MMP proporciona ao paciente um resultado mais acelerado e ajuda a potencializar o tratamento clínico proposto pelos dermatologistas. O paciente já consegue ter resultados logo nas primeiras sessões”, garante Larissa.



    Agenda Científica

    2020/2021

    10º Annual Congress of Association…

    CIRURGIA DEMONSTRATIVA

    Indore – Índia

    Workshop da Associação Brasileira de…

    PALESTRANTE CONVIDADO

    São Paulo – Brasil

    23.º Encontro Internacional da Associação…

    PALESTRANTE CONVIDADO

    Rio de Janeiro – Brasil

    Graduação em Surgical Leadership pela…

    FORMATURA

    Boston – EUA

    27th World Congress of Hair…

    CIRURGIA DEMOSTRATIVA

    Bangkok – Tailândia

    VI Workshop Latinoamericano de FUE

    PALESTRANTE CONVIDADO

    Cancún – México

    Anos Anteriores
    Anos

    Anteriores

    saiba mais

    Publicações Científicas

    Muito do trabalho de um médico pode ser avaliado pelas novas ideias e contribuições deste à sua especialidade.

    Estas contribuições se traduzem em publicações em revistas científicas especializadas e livros que levam o conhecimento a outros profissionais.

    saiba mais

    Resultados

    Conheça alguns resultados do Dr. Crisóstomo e de sua equipe

    Imprensa/Notícias

    Depoimentos

    Recomendações Internacionais

    Sociedades Médicas e Títulos

    Sociedades Médicas

    Harvard Medical School – Surgical Leadershp Program 2018-2019

    Sociedades Médicas

    Diplomate of the American Board of Hair Restoration Surgery Título de Especialista em Cirurgia de Restauração Capilar Emitido nos Estados Unidos

    Sociedades Médicas

    Membro fundador do Comitê de Pesquisas em FUE da ISHRS

    Sociedades Médicas

    Fellow (FISHRS) Membro do comitê científico organizador dos congressos mundiais de 2015 (Chicago) e 2016 (Las Vegas)

    Sociedades Médicas

    Pós-graduado no Serviço do Prof. Ivo Pitanguy – RJ (3 Anos)

    Sociedades Médicas

    Ordem dos Médicos de Portugal

    Sociedades Médicas

    Membro Especialista e Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica Monografia em Transplante Capilar

    Sociedades Médicas

    Mestre em cirurgia pela UFC Dissertação em Transplante Capilar Preceptor do Serviço de Cirurgia Plástica durante 5 anos

    Sociedades Médicas

    Associação Brasileira de Cirurgia da Restauração Capilar Desde o primeiro congresso Organizador do workshop “Controvérsias no Transplante Capilar Atual”, Fortaleza / 2016

    Sociedades Médicas

    European Society of Hair Restoration Surgery

    Como escolher

    um cirurgião de calvície com segurança

    Revistas

    Veja na íntegra
    as revistas do
    Instituto Crisóstomo 

    saiba mais
    Dr. Márcio Crisóstomo

    Locais de Atendimento

    • Fortaleza CE
    • São Paulo SP
    • Lisboa Portugal
    • Brasília DF
    • São Luís MA
    • Recife PE
    Confira datas de atendimento

    Fale Conosco

    Itens com (*) são de preenchimento obrigatório para o envio do conteúdo.

    Fale Conosco
    Pacientes

    de outras

    localidades

    clique aqui
    Dr. Márcio Crisóstomo
  • Endereço

    R. Leonardo Mota, 2429 – Dionísio Torres

    Fortaleza – CE, 60170-176

  • Telefones

    + 55 85 3032.2020
    + 55 85 99667.3335
    0800.005.1020

  • Instagram

  • Facebook

  • YouTube

  • WhatsApp

  • Podcast

  • Localização

  • Telefones

    + 55 85 3032.2020 . 0800.005.1020

  • Tratamento Acne

    A acne é uma doença extremamente comum, que leva muitos pacientes ao consultório médico em busca de alguma solução, especialmente por conta do desconforto estético. Acne é o nome dado a espinhas e cravos que surgem devido a um processo inflamatório das glândulas sebáceas e dos folículos pilosebáceos. É muito frequente na adolescência, mas sem deixar de ser comum também em adultos, principalmente em mulheres.

    Hormônios sexuais, que começam a ser produzidos na puberdade, são os principais responsáveis pelas alterações das características da pele, assim como pelo surgimento da acne, que também está associado à genética favorável. As lesões aparecem com mais frequência na face, mas também podem ocorrer nas costas, ombros e peito.
    Os sintomas principais são: comedões (cravos), pústulas (espinhas), nódulos e cistos (lesões inflamadas, mais profundas e que podem deixar cicatrizes).

    Alguns fatores podem levar a piora da acne como situações de estresse ou período menstrual. Certos medicamentos como corticóides, vitaminas do complexo B, exposição exagerada ao sol, e o hábito de mexer nas lesões também pioram o quadro.

    O tratamento vai variar de acordo com a gravidade e a localização, e deve ser iniciado o mais precoce possível para evitar problemas psicológicos, maior dano estético e formação de cicatrizes. Pode ser feito com medicações tópicas (aplicadas na pele) ou sistêmicas. Procedimentos como Peelings Químicos, LEDs (light emitting diode) e alguns tipos de lasers também são utilizados para controle das lesões inflamatórias e melhora das manchinhas e cicatrizes.