• Instagram

  • Facebook

  • YouTube

  • WhatsApp

  • Podcast

  • Localização

  • Telefones

    + 55 85 3032.2020 . 0800.005.1020

    • Português
    • English
  • Dedicação exclusiva ao transplante capilar.
    Pioneiro em megasessões de fue no brasil.
    Referência mundial em calvícies avançadas e secundárias.

    Dr. Márcio Crisóstomo

    Jornal: Diário do Nordeste Reportagem: “Naturalidade dos implantes garante melhor estética” – Abril 2014

    Técnicas combinadas no implante de cabelos podem ser a solução para os problemas de calvície avançada.

    O cirurgião plástico Márcio Crisóstomo utiliza duas técnicas simultaneamente como forma de obter resultados melhores em menor espaço de tempo

    Quando tudo parece estar perdido, novas técnicas vão surgindo para acalentar a dor de quem sofre com a calvície. Em especial, aquelas que já recorreram a alternativas simples, a exemplo do uso permanente de perucas, ou mesmo a procedimentos invasivos que, infelizmente, não atenderam as expectativas.

    Métodos mais antigos e feitos por equipes não especializadas no assunto geralmente não garantiam um resultado natural. E assim, os implantes tornaram-se mais conhecidos como “cabelos de boneca”, fato que acabou desestimulando a procura pelo recurso. É justamente este estigma que vem sendo desconstruído pelo cirurgião plástico e especialista em restauração capilar, Márcio Crisóstomo.

    Em sua clínica, com sede em Fortaleza – também atende em outros estados e até no exterior – o médico destaca o uso de dois tipos de procedimentos: o clássico (ou Strip), que necessita de corte no couro cabeludo, e o FUE (Extração de Unidade Folicular), no qual são retirados e aplicados fio por fio. O grande diferencial do especialista é unir os dois métodos em um único procedimento, garantindo assim o transplante de até 18 mil fios, isso em casos favoráveis. Potencializo a área doadora e ainda preservo para uma futura cirurgia”, compara o médico.

    Formas de intervenção

    A combinação de técnicas é inédita e indicada para pacientes com calvície severa, ou que já passaram por outras intervenções sem sucesso, explica Dr. Márcio Crisóstomo. Ele acrescenta ainda que, para chegar até estes resultados, foram anos de pesquisa e aperfeiçoamento.

    Tanto que, recentemente, seu trabalho ganhou um capítulo no livro Hair Transplantation – The Art off Follicular Unit Micrografting (Transplante Capilar – A arte do Microenxerto e Minienxerto da Unidade Capilar), de Alfonso Barrera e Carlos Oscar Uebel, publicado nos Estados Unidos.

    Quando a calvície não está em estado avançado, o paciente pode escolher o procedimento desejado. No caso de optar pelo método clássico (ou Strip), será extraído do paciente uma faixa do couro cabeludo da parte posterior, deixando neste caso uma cicatriz na área. A faixa será subdividida em unidades foliculares (contendo de um a quatro fios de cabelo cada) que, posteriormente, serão implantadas na área calva por meio de incisões puntiformes feitas com microlâminas e agulhas, cujo objetivo é evitar cicatrizes.

    Neste procedimento, que dura em torno de quatro a seis horas, podem ser implantados cerca de cinco a oito mil fios por sessão. O número varia de acordo com a necessidade e ainda com a capacidade da área doadora do paciente. Este trabalho é realizado por uma equipe especializada, munida de microscópios estereoscópicos para maior precisão de corte e aproveitamento máximo dos folículos.

    Após o procedimento, o paciente é liberado, retornando no dia seguinte para a retirada do curativo e lavagem dos cabelos. Em dois ou três dias ele retoma as atividades rotineiras. Os fios, porém, só irão nascer após três ou quatro meses de cirurgia. O crescimento dos fios transcorrerá de forma natural e não cairão mais, mantendo assim a característica da área doadora.

    Alta precisão

    Já a técnica FUE, considerada hoje a que mais cresce no mundo, segundo a Sociedade Internacional de Cirurgia de Restauração Capilar (ISHRS), passou de 7%, em 2002, para 32% em 2012. A principal diferença desta técnica está no fato de ser minimamente invasiva, e sem deixar cicatrizes.

    Por outro lado, o método exige minúcia e precisão para extrair os folículos, um a um, que posteriormente, serão implantados. O fio vai cair e restará somente a raiz. Eles vão crescer um cm por mês. “É um processo praticamente artesanal”, salienta o médico de mãos hábeis, olhar estético e segurança no trabalho que desenvolve. Pioneiro no uso da FUE no Brasil, Márcio Crisóstomo é também o único cirurgião plástico brasileiro a fazer parte do comitê de pesquisa em FUE, da Sociedade Internacional de Cirurgia de Restauração Capilar (ISHRS).

    Resultados

    O maior desafio da técnica combinada é fazê-la em tempo hábil. Para isto, o médico destaca a necessidade de toda uma logística. Para tal procedimento conta, em média, com uma equipe de 13 profissionais especializados. Na proposta combinada, podem ser implantados de 12 a 15 mil fios, podendo passar de 18 mil em casos favoráveis. Em resumo, é possível obter maior alcance com maior densidade.

    Outra vantagem é que não existe contraindicação. Homens e mulheres, com exames clínicos aprovados, estão aptos para receber o implante. Embora 95% da procura seja por parte do sexo masculino, com idade entre 35 e 45 anos, as mulheres também recorrem ao serviço.

    Expectativas

    Outro aspecto importante, destacado pelo médico, é que o procedimento tem baixa repercussão sistêmica. No entanto, deve-se ficar alerta com relação à expectativa irreal, considerando que alguns pacientes idealizam resultados muito distantes da possibilidade real. A questão estética é determinante, por isto, quanto mais natural parecer o implante de cabelos, melhor será a satisfação do paciente.

    A única recomendação do médico é que, após o procedimento do implante, o paciente dê continuidade ao tratamento clínico como forma de controlar a queda de cabelos. “Os implantados são definitivos, mas é importante cuidar dos outros fios”, sugere o especialista.

    Para ler a reportagem na íntegra, clique aqui: https://diariodonordeste.verdesmares.com.br/editorias/verso/naturalidade-dos-implantes-garante-melhor-estetica-1.1002476



    Agenda Científica

    2020/2021

    10º Annual Congress of Association…

    CIRURGIA DEMONSTRATIVA

    Indore – Índia

    Workshop da Associação Brasileira de…

    PALESTRANTE CONVIDADO

    São Paulo – Brasil

    23.º Encontro Internacional da Associação…

    PALESTRANTE CONVIDADO

    Rio de Janeiro – Brasil

    Graduação em Surgical Leadership pela…

    FORMATURA

    Boston – EUA

    27th World Congress of Hair…

    CIRURGIA DEMOSTRATIVA

    Bangkok – Tailândia

    VI Workshop Latinoamericano de FUE

    PALESTRANTE CONVIDADO

    Cancún – México

    Anos Anteriores
    Anos

    Anteriores

    saiba mais

    Publicações Científicas

    Muito do trabalho de um médico pode ser avaliado pelas novas ideias e contribuições deste à sua especialidade.

    Estas contribuições se traduzem em publicações em revistas científicas especializadas e livros que levam o conhecimento a outros profissionais.

    saiba mais

    Resultados

    Conheça alguns resultados do Dr. Crisóstomo e de sua equipe

    Imprensa/Notícias

    Depoimentos

    Recomendações Internacionais

    Sociedades Médicas e Títulos

    Sociedades Médicas

    Harvard Medical School – Surgical Leadershp Program 2018-2019

    Sociedades Médicas

    Diplomate of the American Board of Hair Restoration Surgery Título de Especialista em Cirurgia de Restauração Capilar Emitido nos Estados Unidos

    Sociedades Médicas

    Membro fundador do Comitê de Pesquisas em FUE da ISHRS

    Sociedades Médicas

    Fellow (FISHRS) Membro do comitê científico organizador dos congressos mundiais de 2015 (Chicago) e 2016 (Las Vegas)

    Sociedades Médicas

    Pós-graduado no Serviço do Prof. Ivo Pitanguy – RJ (3 Anos)

    Sociedades Médicas

    Ordem dos Médicos de Portugal

    Sociedades Médicas

    Membro Especialista e Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica Monografia em Transplante Capilar

    Sociedades Médicas

    Mestre em cirurgia pela UFC Dissertação em Transplante Capilar Preceptor do Serviço de Cirurgia Plástica durante 5 anos

    Sociedades Médicas

    Associação Brasileira de Cirurgia da Restauração Capilar Desde o primeiro congresso Organizador do workshop “Controvérsias no Transplante Capilar Atual”, Fortaleza / 2016

    Sociedades Médicas

    European Society of Hair Restoration Surgery

    Como escolher

    um cirurgião de calvície com segurança

    Revistas

    Veja na íntegra
    as revistas do
    Instituto Crisóstomo 

    saiba mais
    Dr. Márcio Crisóstomo

    Locais de Atendimento

    • Fortaleza CE
    • São Paulo SP
    • Lisboa Portugal
    • Brasília DF
    • São Luís MA
    • Recife PE
    Confira datas de atendimento

    Fale Conosco

    Itens com (*) são de preenchimento obrigatório para o envio do conteúdo.

    Fale Conosco
    Pacientes

    de outras

    localidades

    clique aqui
    Dr. Márcio Crisóstomo
  • Endereço

    R. Leonardo Mota, 2429 – Dionísio Torres

    Fortaleza – CE, 60170-176

  • Telefones

    + 55 85 3032.2020
    + 55 85 99667.3335
    0800.005.1020

  • Instagram

  • Facebook

  • YouTube

  • WhatsApp

  • Podcast

  • Localização

  • Telefones

    + 55 85 3032.2020 . 0800.005.1020

  • Tratamento Acne

    A acne é uma doença extremamente comum, que leva muitos pacientes ao consultório médico em busca de alguma solução, especialmente por conta do desconforto estético. Acne é o nome dado a espinhas e cravos que surgem devido a um processo inflamatório das glândulas sebáceas e dos folículos pilosebáceos. É muito frequente na adolescência, mas sem deixar de ser comum também em adultos, principalmente em mulheres.

    Hormônios sexuais, que começam a ser produzidos na puberdade, são os principais responsáveis pelas alterações das características da pele, assim como pelo surgimento da acne, que também está associado à genética favorável. As lesões aparecem com mais frequência na face, mas também podem ocorrer nas costas, ombros e peito.
    Os sintomas principais são: comedões (cravos), pústulas (espinhas), nódulos e cistos (lesões inflamadas, mais profundas e que podem deixar cicatrizes).

    Alguns fatores podem levar a piora da acne como situações de estresse ou período menstrual. Certos medicamentos como corticóides, vitaminas do complexo B, exposição exagerada ao sol, e o hábito de mexer nas lesões também pioram o quadro.

    O tratamento vai variar de acordo com a gravidade e a localização, e deve ser iniciado o mais precoce possível para evitar problemas psicológicos, maior dano estético e formação de cicatrizes. Pode ser feito com medicações tópicas (aplicadas na pele) ou sistêmicas. Procedimentos como Peelings Químicos, LEDs (light emitting diode) e alguns tipos de lasers também são utilizados para controle das lesões inflamatórias e melhora das manchinhas e cicatrizes.